29 January 2008

Fealing alive....

Ontem vi finalmente "City of Angels", com Nicholas Cage e Meg Ryan!!!



E verdade nunca tinha visto, apesar de ja me terem dito que era um filme lindo! Nunca tinha tido a oportunidade... E de facto o filme e fantastico!

O que mais me tocou foi a vontade de sentir, de viver, de se sentir vivo... porque nunca tinha sentido...



Quem tem a chance de aproveitar as pequenas coisas que a vida nos oferece, por vezes nao o faz da forma devida, e so quando ja nao o pode fazer e que pensa "quem me dera..." e ficas-se por ai.
Para mim vais-se sempre a tempo de tentar, o maximo que pode acontecer e receber um nao, ano quero mais! Mas se nao se tentar, vamos ficar a vida inteira a pensar "e se...?"
E preciso nunca desistir das oportunidades que nos vao aparecendo e muito mais importante e preciso saber dar valor as pequenas coisas que a vida nos vai dando... como um beijo, um sorriso, conversar com os nossos amigos, dar a mao a quem nos gostamos, rir muito, chorar, e sobretudo nunca deixar pra depois as coisas boas que podemos fazer agora!!! O depois, pode ser tarde demais....

A frase que mais gostei do filme, diz tudo...

"I would rather have had one breath of her hair, one kiss from her mouth, one touch of her hand, than eternity without it. One."

Esta musica ficou mesmo bem!!!

Iris - Goo Goo Dolls

And I'd give up forever to touch you
Cause I know that you feel me somehow
You're the closest to heaven that I'll ever be
And I don't want to go home right now

And all I can taste is this moment
And all I can breathe is your life
Cause sooner or later it's over
I just don't want to miss you tonight

And I don't want the world to see me
Cause I don't think that they'd understand
When everything's made to be broken
I just want you to know who I am

And you can't fight the tears that ain't coming
Or the moment of truth in your lies
When everything feels like the movies
Yeah you bleed just to know you're alive

And I don't want the world to see me
Cause I don't think that they'd understand
When everything's made to be broken I
just want you to know who I am

I don't want the world to see me
Cause I don't think that they'd understand
When everything's made to be broken
I just want you to know who I am

I just want you to know who I am
I just want you to know who I am
I just want you to know who I am
I just want you to know who I am

1 comment:

Nuno Pais said...

Não querendo de algum modo tirar o valor ao teu post, mas a música Iris dos Goo Goo Dolls, faz-me lembrar sempre as bebedei... noites no Rock-line com o Almeida, o Nelson, O Macedo... o Artur não esse nunca ía porque ele nunca exagerou na bebida nem gostava de sítios com meninas desnudas ao balcão.
E se algum dia foi, ficou cá fora à nossa espera ...

pobre coitado às vezes ficava tão cansado de estar à nossa espera, que tínhamos que o ir ajudar a por a chave na porta de casa.

Que jóia de rapaz! (",)